“A vida do Direito é o diálogo da história” - Miguel Reale

Controle de Processos

Endereço

Alameda Salvador 1057 Torre América, Sala 1116
Caminho das Arvores
CEP: 41820-790
Salvador / BA
+55 (71) 32437024

Previsão do tempo

Hoje - São Paulo, SP

Máx
28ºC
Min
18ºC
Parcialmente Nublado

Hoje - Salvador, BA

Máx
31ºC
Min
25ºC
Chuva

Cadastre-se aqui

Últimas notícias

Furtos a imóveis predominam em manhã de custódias

Quatro das cinco audiências de custódia realizadas na manhã desta quinta-feira (26) em Campo Grande foram relacionadas a furtos praticados em imóveis. Enquanto dois ocorreram à luz do dia a residências, os outros dois foram a comércios na madrugada. Em nenhum dos casos havia pessoas nos imóveis durante o delito. Com a quarentena decretada na Capital em razão do novo Coronavírus, e consequentemente da permanência maior das pessoas em suas casas, mudanças significativas ocorreram em toda a sociedade campo-grandense, inclusive na criminalidade. Tal fato pode ser verificado por meio das audiências de custódia, que deixaram de registrar crimes como embriaguez ao volante, assalto a mão armada e até homicídio, e passaram a ter todas as manhãs apenas casos de furto e tráfico. Para esclarecer, a audiência de custódia corresponde ao procedimento de apresentação de presos em flagrante à autoridade judicial competente no menor prazo possível, a fim de que ela decida sobre a necessidade ou não de decretar a prisão preventiva do custodiado até o julgamento. Dessa forma, para que não ocorra constrangimento ilegal, a audiência é realizada, inclusive, nos dias de plantão judiciário (sábados, domingos e feriados), ao longo do recesso forense, e permanece ocorrendo mesmo durante a pandemia do novo Coronavírus. Assim, foi levado ao juiz de plantão esta semana, Aluizio Pereira dos Santos, os dois homens que furtaram várias residências no bairro Carandá Bosque nesta semana. Segundo relato de um deles, primeiro os autuados tocavam a campainha da casa escolhida. Caso ninguém atendesse, o que indicava ausência de moradores no momento, eles adentravam no imóvel forçando o portão de elevação. Na manhã de ontem (25), por volta das 9h30, os homens fizeram esse procedimento, mas foram presos pela polícia, que foi avisada por vizinhos. O segundo furto foi na tarde de ontem no bairro Moreninhas III. Ao verificar que ninguém se encontrava na casa, um homem de 35 anos pulou o muro e forçou a entrada. Vizinhos, porém, notaram a movimentação estranha e comunicaram a polícia. Pouco após o delito, o suspeito foi capturado ainda com alguns objetos furtados. Já os dois furtos a comércios ocorreram nesta madrugada. Um foi a uma loja na Rua 15 de novembro, centro da Capital, enquanto o outro foi a uma farmácia na Avenida Mato Grosso, Jardim dos Estados. Ao passo de que no crime cometido na região central, o autuado agiu grosseiramente arrombando a entrada do estabelecimento, no furto à farmácia, o mecânico de 18 anos arrombou a janela do fundo, desativou o alarme geral, vedou as lentes das câmeras de segurança com fita isolante e bloqueou com papéis os sensores de movimento. Enquanto abria o cofre com uma lixadeira elétrica foi surpreendido pela polícia. Em ambos os casos, a autoridade policial foi avisada por moradores nas proximidades. Após oitiva dos autuados e realização das respectivas audiências de custódia, o juiz converteu todos os flagrantes em prisão preventiva.
26/03/2020 (00:00)
© 2020 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Visitas no site:  1056335
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.