“A vida do Direito é o diálogo da história” - Miguel Reale

Controle de Processos

Endereço

Alameda Salvador 1057 Torre América, Sala 1116
Caminho das Arvores
CEP: 41820-790
Salvador / BA
+55 (71) 32437024

Previsão do tempo

Hoje - São Paulo, SP

Máx
25ºC
Min
14ºC
Predomínio de

Hoje - Salvador, BA

Máx
26ºC
Min
23ºC
Chuvas Isoladas

Cadastre-se aqui

Últimas notícias

OAB-BA cobra equilíbrio na distribuição de vagas do estacionamento do Fórum Criminal

Na manhã desta segunda-feira (4), a presidenta da OAB da Bahia, Daniela Borges, esteve no Fórum Criminal de Sussuarana, cobrando e reiterando a importância do pleito que a advocacia criminal apresenta há tempos: a disposição adequada de vagas no estacionamento do fórum para advogadas e advogados. No encontro com o diretor da unidade, o juiz Almir Pereira de Jesus, Daniela Borges exigiu parecer, dedicação e resolução adequadas do problema: "É preciso que a importância de cada ator do sistema de justiça - advocacia, Poder Judiciário, Ministério Público e Defensoria Pública - esteja refletida em aparatos materiais e simbólicos, como é o caso do déficit nas vagas de estacionamento. Nós viemos, portanto - de forma otimista e com espírito cooperativo - reivindicar tratamento igualitário para as instituições", apontou a presidenta.   Participaram, ainda, da reunião, o diretor-tesoureiro da OAB-BA, Hermes Hilarião, e o presidente da Comissão de Apoio a Advocacia Criminal, Marcus Rodrigues. Para Hermes Hilarião, a questão das vagas explicita os aperfeiçoamentos necessários para a construção de um fórum equilibrado e justo: "Ao defender que a administração do Fórum Criminal de Salvador disponibilize mais vagas de estacionamento para a advocacia, a OAB da Bahia continua sua busca de assegurar o exercício profissional com toda dignidade e paridade entre advogados, juízes, promotores e defensores púbicos. É preciso entender que sem advocacia não há justiça", completou.  Marcus Rodrigues ressaltou a desigualdade no tratamento da questão: "É inadmissível que o Ministério Público tenha 15 vagas, a Defensoria Pública, 8 vagas, e a advocacia, 2. Onde está a paridade de armas?" Marcus, no entanto, destacou o encontro como positivo: "Saímos com boas expectativas e impressões da reunião que tivemos com o juiz Almir Pereira de Jesus, esperando de forma cautelosa por uma resposta positiva. A OAB da Bahia seguirá acompanhando de perto este pleito tão importante para toda a advocacia".  A presidenta Daniela Borges também aproveitou a visita para tratar do guichê exclusivo para a advocacia no Fórum Criminal de Salvador: "É muito importante que a advocacia tenha um guichê exclusivo e um espaço adequado para que nós tenhamos sempre garantido o livre acesso a fóruns e tribunais", completou.
04/07/2022 (00:00)
© 2022 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Visitas no site:  1683359
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.